98 news

Escolas de Irineópolis e Canoinhas alcançam melhores notas no Ideb 2017

Escolas de Irineópolis e Canoinhas alcançam melhores notas no Ideb 2017

Escola do distrito de Felipe Schmidt e Sagrado Coração de Jesus alcançaram as melhores notas no ensino fundamental em Canoinhas

 

As escolas municipais de Irineópolis e Canoinhas somaram as melhores notas da região no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, divulgado nesta segunda-feira, 3, pelo Ministério da Educação (MEC). Enquanto Irineópolis se deu melhor nos anos iniciais do ensino fundamental, Canoinhas foi melhor nos anos finais. De todas as cidades da região, apenas Três Barras ficou abaixo da meta estipulada pelo MEC.

4º /5º ANO
2013 2015 2017 META
Irineópolis 5,9 6,7 7,6 5,9
Papanduva 6,1 6,5 7,0 5,2
Canoinhas 5,9 6,4 6,7 6,1
Mafra 5,7 6,0 6,6 6,2
Major Vieira * 5,8 6,3 5,6
Timbó Grande 5,0 5,7 6,2 5,7
Itaiópolis 5,4 5,6 6,0 5,5
Monte Castelo 5,0 5,7 5,8 5,3
Porto União 5,8 5,7 5,8 5,7
Três Barras 4,6 5,2 5,4 5,5

 

 

Em todo o País, a meta do Ideb estabelecida para 2017 foi cumprida apenas nos anos iniciais do ensino fundamental, etapa que vai do 1º ao 5º ano. A etapa alcançou 5,8 (em uma escala que vai de 0 a 10), quando a meta estipulada era de 5,5. Em Irineópolis a nota atingida foi 7,6, bem acima da meta, de 5,9.

 

 

Nos anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, a meta foi descumprida pela primeira vez em 2013 e não atingiu mais o esperado no País. Em 2017, com Ideb 4,7, o Brasil não alcançou os 5 pontos esperados. Canoinhas ultrapassou essa nota, alcançando 5,3, inferior a meta estipulada para o município (5,5).

 

8º/9º ANO
2013 2015 2017 META
Canoinhas 4,6 5,3 5,3 5,5
Major Vieira 4,2 5,1 5,2 5,3
Irineópolis 4,1 5,3 5,1 5,2
Itaiópolis 4,3 4,9 5,1 5,3
Papanduva 4,2 4,6 5,0 5,5
Mafra 4,5 4,9 4,9 5,8
Porto União 3,9 4,6 4,8 5,5
Timbó Grande 3,7 4,3 4,7 4,8
Monte Castelo 3,9 4,8 4,5 5,3
Três Barras 3,8 4,2 4,1 4,8

 

Irineópolis alcançou a segunda maior nota e terceira posição entre as 295 cidades catarinenses. A média do município, considerando a nota das turmas de 4ª e 5ª série das escolas públicas, foi de 7,6, ficando atrás apenas da média de Angelina e Luzerna, que obtiveram nota 7,7. Ao lado de Irineópolis está Santiago do Sul, também com nota 7,6.

 

A secretária de educação de Irineópolis, Lillian Eliane Batschauer Ferreira, diz que “o resultado aponta que estamos no caminho certo. Continuar o processo de gestão visando resultados é a meta de toda comunidade escolar”, destacando a importante participação das famílias no dia a dia das escolas, a dedicação de todos os funcionários e o apoio da administração, desde a infraestrutura até a valorização dos profissionais.

 

Secretário de Educação de Canoinhas, Osmar Oleskovicz avalia o desempenho como muito bom, especialmente nos anos iniciais. “Nos anos finais evoluímos, mas não alcançamos a meta. Lamentamos o fato e o que justifica é que em 2017, devido o advento do ICPrev (Instituto de Previdência do Município), houve muitos pedidos de aposentadoria e licença-prêmio de professores durante o ano. Isso atrapalhou. Acredito que a avaliação de 2019, essa sim, trará o retrato do nosso trabalho a frente da secretaria”, afirmou.

 

ENSINO MÉDIO

No ensino médio, etapa mais crítica, o índice avançou 0,1 ponto, após ficar estagnado por três divulgações seguidas, chegando a 3,8. A meta para 2017 era 4,7. Mafra, cidade que alcançou melhor desempenho na região ficou com nota 4,0.

 

ENSINO MÉDIO
2013 2015 2017 META
Mafra * * 4,0 *
Itaiópolis * * 3,5 *
Três Barras * * 3,5 *
Papanduva * * 3,4 *
Timbó Grande * * 3,4 *
Porto União * * 3,0 *
Canoinhas * * 3,0 *
Monte Castelo * * 2,8 *

 

ESCOLAS

Escola Benedito Therezio de Carvalho, do distrito de Felipe Schmidt/Fátima Santos

A Escola Benedito Therezio de Carvalho, do distrito de Felipe Schmidt, se destacou nas duas fases do ensino fundamental entre as escolas municipais de Canoinhas. Já entre as estaduais, destaque para a Escola Sagrado Coração de Jesus.

 

Pra o professor Josmar Kaschuk, diretor da Escola Benedito Therezio de Carvalho, “esse resultado é a soma do trabalho de toda a família Benedito, todos os colaboradores tiveram sua contribuição, desde os motoristas, que sempre se preocuparam com o cumprimento dos horários, os zeladores sempre atentos, as merendeiras, a equipe pedagógica e administrativa, os monitores, todos os professores, pois abraçaram a causa, fazendo todas as provas bimestrais no estilo da provinha Brasil, com questões contextualizadas de múltiplas escolhas e gabarito, a comunidade, que sempre emprestou o pavilhão de festa para a aplicação dos simulados, os pais sempre presentes e principalmente os alunos, que se não fossem eles, esse resultado não seria possível. Tudo isso só poderia reverter nesses números. Sabemos que tem muito pela frente ainda, mas de passo em passo chegaremos lá”. O diretor agradeceu também o apoio da Secretaria de Educação de Canoinhas.

 

ESCOLAS MUNICIPAIS DE CANOINHAS – 4º/5º ANO
EBM BENEDITO THEREZIO DE CARVALHO 7,2
GEM PROFESSORA XEILA ELISABETE CORNELSEN 7,1
EBM PRESIDENTE CASTELO BRANCO 6,9
EBM JOSE GROSSKOPF 6,8
GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL REINALDO KRUGER 6,8
G E M NEY PACHECO DE MIRANDA LIMA 6,8
ESCOLA BASICA MUNICIPAL MARIA LOVATEL PIRES 6,6
EBM GUILHERMINA MARIA VEIGA FERREIRA 6,5
EBMDR AROLDO CARNEIRO DE CARVALHO 6,5
ESCOLA BASICA MUNICIPAL MARIA IZABEL DE LIMA CUBAS 6,3
EBM SEVERO DE ANDRADE 6,1
EBM ALBERTO WARDENSKI 6,0
ESCOLA BASICA MUNICIPAL EVALDO DRANKA 6,0
ESCOLA BASICA MUNICIPAL ACHILLES PAZDA 5,6
ESCOLAS ESTADUAIS DE CANOINHAS 4º/5º ANO
EEF SAGRADO CORACAO DE JESUS 7,4
EEB JOAO JOSE DE S CABRAL 7,3
EEB IRMA MARIA FELICITAS 6,8
EEB JULIA BALEOLI ZANIOLO 6,2
EEB GERTRUDES MULLER 5,9
EEB PROF MANOEL DA S QUADROS 5,7
EEB RODOLFO ZIPPERER 5,5

 

ESCOLAS MUNICIPAIS DE CANOINHAS – 8º/9º ANO
EBM BENEDITO THEREZIO DE CARVALHO 5,9
EBM ALBERTO WARDENSKI 5,7
EBM SEVERO DE ANDRADE 5,5
EBMDR AROLDO CARNEIRO DE CARVALHO 5,4
EBM GUILHERMINA MARIA VEIGA FERREIRA 5,2
EBM PRESIDENTE CASTELO BRANCO 5,1
EBM JOSE GROSSKOPF 4,9
ESCOLA BASICA MUNICIPAL EVALDO DRANKA 4,9
ESCOLA BASICA MUNICIPAL MARIA LOVATEL PIRES 4,9
ESCOLA BASICA MUNICIPAL MARIA IZABEL DE LIMA CUBA 4,6
ESCOLAS ESTADUAIS DE CANOINHAS – 8º/9º ANO
EEF SAGRADO CORACAO DE JESUS 6,3
EEB PROF MANOEL DA S QUADROS 5,7
EEB IRMA MARIA FELICITAS 4,9

 

 

ESTADOS

O ensino médio é a etapa mais crítica, com a meta descumprida em todos os estados. Além de não terem alcançado o índice esperado, cinco estados tiveram redução no valor do Ideb entre 2015 e 2017: Amazonas, Roraima, Amapá, Bahia e Rio de Janeiro. O estado com melhor Ideb, o Espírito Santo, obteve 4,4 pontos, não atingindo a meta de 5,1 para o estado.

 

 

Nos anos finais do ensino fundamental, sete estados alcançaram ou superaram a meta proposta para 2017: Rondônia, Amazonas, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Mato Grosso e Goiás. A situação melhorou em relação a 2015, quando cinco estados alcançaram a meta. No ano passado, Alagoas e Rondônia somaram-se à lista. Minas Gerais foi o único estado que teve queda do Ideb na etapa de ensino em 2017.

 

Já nos anos iniciais do ensino fundamental, apenas os estados do Amapá, Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul não alcançaram as metas para 2017. Oito unidades federativas alcançaram Ideb igual ou maior que 6: Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Goiás e Distrito Federal. Na etapa, a maior diferença positiva em relação à meta ocorreu no Ceará que, com um Ideb 6,2, superou a meta 4,8 para o estado em 1,4 ponto.

 

Na análise do Inep, os números mostram avanços importantes, sobretudo nos anos iniciais do ensino fundamental, mas também, algumas preocupações que precisarão ser discutidas no âmbito das escolas.

 

A autarquia ressalta que será necessário “indispensável apoio e colaboração dos níveis mais elevados de gestão nos municípios, nos estados e no Ministério da Educação, para que o desempenho dos estudantes brasileiros possa seguir uma trajetória de melhoria”.

 

 

Fonte: www.jmais.com.br

Tiago Bilicki

setembro 4th, 2018

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *